Inteligência Emocional, Motivação e Gestão do Stress

 

O reconhecimento e a gestão das emoções é atualmente aceite como um fator crítico de sucesso dos profissionais de excelência, dada a sua aplicabilidade prática na melhoria dos relacionamentos interpessoais, no desenvolvimento motivacional, do próprio e dos outros, nos processos de influência e no combate e gestão do stress. Este curso, eminentemente prático, visa treinar competências no domínio da gestão emocional que permitam aos participantes desenvolver processos pessoais de adaptação e controlo comportamental, sustentados em propósitos motivacionais assumidos e valorizados. Desenvolver-se-á, igualmente, uma análise prática do stress, das suas causas e consequências e das estratégias de coping associadas à sua mitigação.

 

Datas: segundo semestre 2022

Modalidade:  ONLINE – Live Training

Duração: 20 horas (5 sessões)

Horário:  14h00 – 18h00

 

Objetivos

No final deste curso os formandos deverão ser capazes de:

– Compreender a importância e o impacto da inteligência emocional nos profissionais de sucesso;

– Identificar as componentes da inteligência emocional;

– Identificar os principais obstáculos na gestão emocional e superá-los;

– Compreender a importância dos relacionamentos interpessoais no sucesso profissional e social;

– Dominar as técnicas principais de inteligência social nos contextos profissional e social;

– Identificar os gatilhos emocionais e manter o auto domínio, controlando as emoções;

– Dominar técnicas práticas de criação de propósitos motivacionais;

– Utilizar a comunicação para influenciar de forma positiva e motivadora;

– Identificar os sintomas de stress e as particularidades do stress profissional;

– Melhorar a capacidade de resiliência perante situações de stress ou adversas;

– Conhecer e dominar técnicas práticas de gestão de stress e coping.

 

Programa

  1. A Inteligência Emocional

1.1. Definição e evolução do conceito: de William James a Daniel Goleman e António Damásio;

1.2. O Coeficiente de Inteligência versus Coeficiente Emocional;

1.3. A Emoção versus a Razão: emoções, pensamentos, comportamentos e atitudes;

1.4. As bases biológicas da emoção: emoções primárias e secundárias; emoções positivas e negativas;

1.5. O impacto das emoções nos comportamentos, decisões e resultados;

1.6. As funções práticas das emoções no âmbito da sobrevivência do indivíduo e do profissional;

1.7. Os comportamentos e hábitos das pessoas emocionalmente inteligentes;

1.8. Exercícios de auto-diagnóstico emocional.

 

  1. Ferramentas de Gestão Emocional

2.1. Como utilizar as emoções? Perceber o âmbito e os resultados desejados;

2.2 A utilização adaptativa: lidar com as emoções adequando-as a cada situação;

2.3. Aprender a reconhecer e a interromper padrões de resposta emocionalmente indesejados;

2.4. Cultivar o otimismo e permanecer positivo perante as adversidades;

2.5. Gestão emocional dos relacionamentos e das interações;

2.6. As skills fundamentais da inteligência emocional e social e o seu impacto no sucesso;

2.7. Âncoras e posições percetivas;

2.8. Exercícios e dinâmicas práticas aplicadas.

 

  1. Aplicabilidade Prática da Inteligência Emocional

3.1. As competências da Inteligência Emocional e sua aplicação em contexto pessoal e profissional;

3.2. Auto consciência;

3.3. Auto controlo;

3.4. Auto motivação;

3.5. A consciência dos outros e a empatia;

3.6. Habilidades sociais;

3.7. Exercícios e dinâmicas práticas aplicadas.

 

  1. A Motivação Sustentada em Valores e Propósitos

4.1. Relação entre os valores e as convicções;

4.2. Valores de vida e valores contextualizados;

4.3. Valores da organização e do individuo;

4.4. Valores como motivação para atingir os objetivos pessoais e profissionais;

4.5. Demonstrar responsabilidade para responsabilizar;

4.6. Mudar comportamentos mudando convicções e propósitos;

4.7. A motivação intrínseca e extrínseca e a sua relação com as emoções;

4.8. A hierarquia de necessidades de Maslow e a sua pertinência;

4.9. Expectativas e influências antecipadas;

4.10. Características do decisor;

4.11. Processos de decisão e opções (gatilhos de dor e gatilhos de prazer);

4.12. Estados internos influentes;

4.13. Emoções imediatas na altura da decisão;

4.14. Avaliação analítica e subjetiva;

4.15. Resultados esperados e recompensas pessoais impactantes;

4.16. Satisfação e reforço dos propósitos;

4.17. A gestão da mudança e a natural resistência – pessoal e nos outros;

4.18. Exercícios e dinâmicas práticas aplicadas.

 

  1. A linguagem e a Comunicação no Âmbito do Processo Motivacional

5.1. Abstração e interpretação das mensagens;

5.2. Filtros percetivos;

5.3. Referencias internas/externas;

5.4. Adoptar uma atitude positiva e construtiva, abolindo bloqueios emocionais;

5.5. A sintonia/rapport:

5.6. A espelhagem;

5.7. A linguagem gestual

5.8. Saber escutar e desenvolver a empatia percepcionada;

5.9. Utilizar argumentos adaptados aos diferentes interlocutores e seus perfis psicológicos;

5.10. Compreensão do processo de influência e persuasão e sua utilização prática;

5.11. Tornar a mensagem assertiva escolhendo as palavras emocionalmente impactantes;

5.12. Gatilhos emocionais;

5.13. Exercícios e dinâmicas práticas aplicadas.

 

  1. Stress – Sinais e Sintomas

6.1. Definição de Stress;

6.2. Causas do Stress;

6.3. Identificação dos fatores de stress: internos e externos;

6.4. Sinais de Stress: alertas físicos; cognitivos e emocionais;

6.5. Sintomas de Stress: atenção; memória e irritabilidade;

6.6. Exercícios e dinâmicas práticas aplicadas.

 

  1. Stress Profissional

7.1. Os conflitos e o stress;

7.2. Dificuldades de comunicação;

7.3. Personalidade e estilos de vida;

7.4. O Síndrome de Burnout.

7.5. Exercícios e dinâmicas práticas aplicadas.

 

  1. Estratégias de Coping

8.1. Saber lidar com o stress e suas manifestações afetivas;

8.2. Técnicas proativas para evitar o stress;

8.3. Alteração de comportamentos;

8.4. Eliminação ou modificação das situações que criam ansiedade;

8.5. Exercer o controlo percetivo do significado;

8.6. Planeamento e controlo de atividades críticas e de recompensas;

8.7. As oito estratégias de coping;

8.8. Exercícios e dinâmicas práticas aplicadas.

 

Formador: José Pedro Martins

Licenciado em Gestão de Recursos Humanos e com Mestrado em Gestão de Empresas, a sua  carreira profissional tem passado pelo desenvolvimento de negócios, conceção, implementação e acompanhamento de projetos de consultoria organizacional e formação especializada para quadros e gestores junto de organizações de referência em Portugal e em África.

 

Destinatários

Este curso destina-se a todos os que se revejam na melhoria das suas competências comportamentais e relacionais como fonte de sucesso profissional, com impacto na melhoria dos seus resultados profissionais e no equilíbrio pessoal.

Recursos

Acesso à Internet e um dispositivo (computador, tablet ou smartphone) com microfone e câmara

Condições

220 Euros – Associados APCMC – Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção
260 Euros – Não associados APCMC – Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção

Após a inscrição e pagamento, os participantes receberão um link de acesso à plataforma.

As ações de formação à distância serão transmitidas através de um sistema de videoconferência em que os formandos poderão participar e interagir em tempo real com o formador e até com os outros participantes, colocando as suas questões oralmente ou por escrito no momento.

No final da formação, os formandos terão acesso à documentação/apresentação.

Certificado da Formação Profissional emitido pela plataforma  SIGO

Número de inscrições limitado e a inscrição só será válida após boa cobrança.

Desconto de 15% para inscrições de grupo (a partir de 3 inscrições)

Ficha de Inscrição
Formulário de Inscrição - Formação

Associado APCMC - Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção
A IFORMA é uma entidade acreditada pela dgert no âmbito da formação. Os dados pessoais ora recolhidos são os necessários à emissão do competente certificado de formação e são processados automaticamente, no âmbito da gestão interna da iforma, podendo, no cumprimento de obrigações legais a que esteja sujeita, ser facultados à dgert e a entidades fiscalizadoras da sua atividade e da formação ( IEFP, at…). Os titulares dos dados podem aceder à informação que lhes respeite e solicitar por escrito a sua atualização, correção ou eliminação, nos termos referidos na política de privacidade disponível em www.iforma.pt. O não fornecimento dos dados solicitados nesta ficha impedem, designadamente, a emissão do certificado de formação.
F001.03_D
Após submeter vai receber um e-mail com os dados preenchidos no formulário.